Sobre superaplicativos e outras tendências para o setor de tech

Publicado originalmente no LinkedIn de Henrique Makauskas, Co-Founder and CTO na Zmes

Gartner divulgou o Top Strategic Technology Trends 2023 com as 10 maiores tendências do setor de tecnologia para os próximos anos. E pensando no mercado brasileiro uma delas me chamou atenção: Superapps.

Na era dos smartphones e de uma geração nativa digital, cresceu a demanda por experiências mobile-first que fornecem vários serviços com uma interface amigável.

Essa demanda fez com que as organizações adotassem superaplicativos: um aplicativo e arquitetura combináveis que fornece aos usuários finais um conjunto de recursos principais e acesso a “miniaplicativos”, criados de forma independente, que permitem uma experiência de usuário consistente e personalizada em um único aplicativo. 

Gartner prevê que mais de 50% da população global será de usuários ativos diários de vários superaplicativos até 2027.

No mundo já temos casos consolidados como WeChatAlipay e Gojek. No Brasil, temos Mercado LivreMagazine Luiza e iFood por exemplo, que vem buscando ocupar esse espaço e se consolidar no dia a dia do brasileiro. E, independente se vamos ter um player dominante ou mais no Brasil, é um tema para ficar no radar de todas as organizações que tem um App como canal de comunicação com seu consumidor para aproveitar as oportunidades e inovações que estão por vir.

Segue o link do artigo completo para conhecer mais sobre essa tendência e outras para 2023: https://lnkd.in/dByZ-Yrf

Você pode gostar