Formato Shorts lançado pelo Youtube é a resposta ao fenômeno TikTok?

Youtube lança recurso de vídeos rápidos, com até um minuto de duração, enquanto o TikTok triplica a duração de seus vídeos, que podem ter até 3 minutos. A briga entre as duas plataformas reforça a importância do ecossistema dos vídeos rápidos que têm feito a cabeça da Gen Z e que vieram para ficar

Os conteúdos em formato de vídeos curtos estão com tudo entre os membros da Gen Z. Prova disso é que o Youtube criou o Youtube Shorts, que deverá ser o concorrente direto do TikTok

Lançado no final de junho deste ano, depois de um período de testes em março, a plataforma somou nada menos que 6.5 bilhões de visualizações diárias, de acordo com a Alphabet, empresa-mãe do Google e do próprio Youtube. 

No decorrer da leitura de hoje, vamos falar um pouco mais sobre o Youtube Shorts e como a sua marca pode aproveitar o momento, muito favorável para os formatos em vídeo, para chamar a atenção da sua audiência. 

Por que e como apostar nos formatos de vídeos curtos? 

O principal motivo para apostar nos vídeos curtos é muito simples: eles têm um enorme fit com as novas gerações que tem uma retenção de atenção cada vez menor. 

Uma das evidências do interesse do público por este formato foi o crescimento dramático do TikTok em tempo recorde. Além disso, o número crescente de ofertas semelhantes de plataformas sociais tradicionais e outros aplicativos revelam que as empresas devem determinar sua estratégia para incorporar essa forma de marketing. 

Já em termos de esforço, os vídeos curtos são fruto do trabalho tanto da equipe de redes sociais, quanto de parcerias com influenciadores e especialistas em vídeo digital. Assim, trata-se de um trabalho multidisciplinar, que deve contar com a experiência de equipes dessas áreas, a fim de garantir que os vídeos carreguem a voz da sua marca e tenham potencial de engajamento e viralização.  

Youtube Shorts x TikTok 

De acordo com relatório do próprio Youtube voltado à imprensa, existem hoje mais de dois bilhões de usuários na plataforma, o que representa quase um terço da Internet. Mesmo assim, o gigante em vídeos pode estar sentindo a pressão da concorrência com o TikTok, plataforma fundada em 2012 que teve seu ápice em 2017, quando liberou o app para Android e iOS.  

Hoje, o TikTok abocanha 34% dos investimentos em publicidade nas redes sociais, ficando em quinto lugar, à frente, inclusive, do Pinterest e do Snapchat.  

Hoje, o YouTube pode estar se sentindo pressionado para priorizar os curtas, já que o TikTok também, por outro lado, planeja introduzir formatos de vídeo mais longos, o que pode afastar criadores do YouTube. No início deste mês, o TikTok anunciou que os usuários agora podem criar vídeos de até 3 minutos, triplicando o limite anterior de 1 minuto. 

A presença de vídeos mais longos no TikTok pode significar que alguns usuários podem passar mais tempo com o aplicativo de vídeo de formato curto e menos tempo com o YouTube. 

Para os criadores, a capacidade de postar vídeos mais longos no TikTok pode levar alguns a reavaliar sua decisão de postar conteúdo no YouTube. 

Entretanto, apesar do crescimento do TikTok ser, atualmente, mais rápido que o YouTube, ainda há um longo caminho a percorrer. Para referência, o eMarketer estima que o tempo médio de um adulto nos EUA gasto com o TikTok aumentará 6,6%, ultrapassando 8 minutos por dia, enquanto o tempo gasto com o YouTube aumentará 2,6% para 29 minutos por dia. 

4 insights sobre os vídeos curtos para potencializar o conteúdo da sua marca 

Colabore com creators 

Os creators e não sua agência ou área de marketing dominam as plataformas. Nunca a frase: o meio é a mensagem foi tão correta. As plataformas têm códigos, nuances e formatos e se apoiar em quem sabe usá-los é a melhor forma de acertar. 

Não crie anúncios, impulsione conteúdos  

Crie vídeos que possam captar a atenção, não servirem como interrupções. Esteja atento ao que chama atenção da audiência e insira sua marca na conversa, de forma natural e nunca intrusiva. 

Domine a edição de vídeo e de som 

Especialmente no TikTok, em que o tempo disponível é mais curto, transmitir o máximo de informações em menos tempo é o grande desafio. Para isso, invista em um roteiro que condense as informações.  

Explore as possibilidades dos vários formatos 

Adaptar vídeos mais completos, que seriam postados em mais minutos no Youtube para o TikTok é mais fácil que fazer o oposto. Por isso, crie vídeos longos e volte ao passo 3, de dominar a edição e ser mais coeso no TikTok. Além de reforçar a presença digital da marca, você ainda cria uma nova versão e amplia o potencial viral do seu conteúdo. 

Você pode gostar
Leia mais

SEO: ainda relevante, mesmo após 20 anos

75% dos profissionais de marketing ainda consideram o SEO como a mais eficiente tática do marketing de conteúdo  Search Engine Optimization. Quem nunca ouviu falar de SEO nunca trabalhou com…