Netflix tem cada vez mais atenção das pessoas e nenhuma publicidade

De acordo com o eMarketer, a gigante dos vídeos sob demanda é líder de vídeo on demand, porém este mercado está cada vez mais competitivo. Na maioria dos players, não existe publicidade exigindo das marcas muita criatividade para capturarem eyeballs 

Os vídeos sob demanda estão cada vez mais populares: estima-se que existam 204 milhões de assinantes no total e cerca de 17 milhões no Brasil, hoje o segundo maior mercado da empresa fora dos Estados Unidos, de acordo com dados da consultoria Bernstein, divulgados pelo Infomoney.  

Mesmo com desafios, especialmente os novos concorrentes no segmento de streaming, (como Disney+ e Amazon Prime), a Netflix continua muito à frente em número de usuários e também em lista de títulos com grande popularidade, fator que atrai novos assinantes para o serviço. 

A migração do tempo das pessoas da TV aberta e paga para estes serviços são um grande desafios para as marcas.  

No texto de hoje, vamos abordar um pouco mais sobre os serviços de streaming, especialmente o case da Netflix.  

Um pouco mais sobre a Netflix 

Fundada em 1997, como um serviço de locação de filmes e, posteriormente, de entregas de DVDs pelo Correio, a Netflix já nasceu inovando no mercado. Ingressou no Brasil em 2011, com contratos firmados com as gigantes da distribuição de filmes globalmente, tais como Disney, BBC, Miramax, Paramount, Universal, dentre outras.  

O crescimento do número de pessoas com TV Conectada em casa acompanha a Netflix como líder em serviços de streaming. A rede conta com uma enorme biblioteca de conteúdo existente e, recentemente, vem aumentando seu conteúdo original. Mesmo com a pandemia, que ocasionou atrasos na produção de seus filmes e séries, a empresa anunciou uma lista de 70 novos filmes para 2021, o que totaliza mais de um por semana.  

Segundo a própria Netflix, dos 10 títulos mais procurados no mundo em 2020, nove estão presentes na sua plataforma, dentre eles a série ‘O Gambito da Rainha’ e a nova temporada de ‘The Crown’. 

Ao longo do tempo, a Netflix tem se tornado mais do que uma mera empresa de serviços de streaming e vem capitalizando sua posição como provedora de entretenimento e criadora de novos clássicos da cultura pop.  

Produtos Netflix 

Na esteira de seu evento voltado para o consumidor “Geeked Week”, a Netflix lançou o Netflix.shop, um site de compras multimídia apresentando produtos temáticos desenvolvidos por uma série de jovens artistas e designers de peso, de acordo com o The New York Times.  

Além disso, de acordo com o eMarketer, a empresa pretende expandir a marca Netflix, que já conta com acordos com o Walmart, Sephora, Amazon e Target para vender vários produtos, de produtos de beleza a brinquedos e roupas.  

Os próximos passos têm a ver com seus conteúdos originais: há quase uma década a empresa conta com seus próprios filmes e séries e a cada ano vem aumentando a produção, gastando US $ 17 bilhões em originais em 2020, de acordo com estimativas da BMO Capital Markets (citadas pela Variety).  

A novidade na cartela de produtos tem a ver com a estabilização no tempo de visualização do conteúdo nos próximos três anos, de acordo com o eMarketer. O monitor aponta que, embora a Netflix não esteja perdendo sua parcela do tempo de tela, também não deve ganhar parcela substancial. Além disso, a estagnação no tempo gasto provavelmente só alimentará as preocupações de que a empresa precisa explorar maneiras mais inovadoras de garantir que as pessoas continuem sintonizadas em seu serviço. 

4 lições que a Netflix tem a oferecer  

Inovar é fundamental  

O crescimento mais lento no número de assinaturas, a concorrência e o tempo de tela cada vez menor fazem com que seja necessário inovar. Especialistas apontaram os games como um dos concorrentes indiretos do streaming. Assim, a Netflix testou o Black Mirror “Bandersnatch”, como conteúdo interativo, além de diversas séries e filmes focando no universo dos jogos. 

Diversifique o mix de produtos 

Além dos conteúdos interativos com a finalidade de inovar e trazer o público gamer para o streaming, a Netflix tem procurado oferecer novos produtos e experiências comercializáveis ​​para lançar aos consumidores. 

Teste constantemente para se manter relevante 

Com tanta inovação e diversificação, a plataforma de streaming já mostrou que não tem medo de testar. Um outro exemplo de teste é um novo recurso para limitar o compartilhamento de senha. A ideia é pedir uma confirmação de texto ou e-mail do proprietário da conta, caso haja suspeita de que o login de outra pessoa está sendo usado.  

Tenha o tom de voz certo 

A presença da Netflix nas redes sociais é conhecida pelo bom-humor e pelo posicionamento em pautas quentes entre sua audiência. 

Você pode gostar
Leia mais

SEO: ainda relevante, mesmo após 20 anos

75% dos profissionais de marketing ainda consideram o SEO como a mais eficiente tática do marketing de conteúdo  Search Engine Optimization. Quem nunca ouviu falar de SEO nunca trabalhou com…
Leia mais

Marketing digital sem cookies: a importância de construir sua audiência

Google pretende retirar os cookies de terceiros do seu navegador, Chrome, em 2022.  Navegador é padrão para cerca de 70% dos usuários de internet  De um lado, os defensores da privacidade de dados; do outro, as empresas, que, por meio dos cookies, têm seus anúncios veiculados de forma certeira e personalizada.   No meio desse conflito, estão o…